Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > Reunião sobre Residências Médicas e não-Médicas foi realizada ontem (08/08/2018) às 16h na SODS/UFPB para discutir a respeito das competências das Pró-Reitorias acima disso

Notícias

Reunião sobre Residências Médicas e não-Médicas foi realizada ontem (08/08/2018) às 16h na SODS/UFPB para discutir a respeito das competências das Pró-Reitorias acima disso

por publicado: 09/08/2018 18h10 última modificação: 09/08/2018 18h10

A reunião teve por base discutir as competências das Pró-reitorias envolvidas, no que diz respeito às Residências Médicas e Não Médicas existentes na UFPB. Além disso, traçar um caminho para a prestação de contas dos recursos financeiros envolvidos nas residências.

 A UFPB congrega dois tipos de residências as médicas, no Centro de Ciências Médicas (CCM), que são 17,  e as não-médicas, que são 05, no Centro de Ciências da Saúde (CCS) e no Centro de Ciências Agrárias (CCA). Estão envolvidos mais de trezentos alunos.  Conforme a Lei 6932/1981 constitui uma modalidade de Pós-Graduação. E a PRPG tem a proposta de inserir as residências médicas e não-médicas no Sistema Integrado Gestão das Atividades Acadêmicas, o SIGGA, em um módulo especifico chamado Residências, com a supervisão e apoio da STI. O objetivo da ação é que a PRPG pode apoiar as atividades acadêmicas das residências de maneira mais pontual via acompanhamento sistemático e integrado. A PROGEP também apresentou disponibilidade em apoiar o acompanhamento disponibilizando dados circunstanciados acerca do pagamento de bolsas aos residentes. O objetivo é facilitar o trabalho já realizado pelo Gerente de Ensino e Pesquisa do HULW e pela coordenação de convênios da PROPLAN na elaboração do relatório anual de prestação de contas das residências.

Algumas demandas foram apresentadas pelo Professor João Euclides do CCS, destaque-se que residências médicas são contabilizadas na matriz orçamentária, enquanto que residências não médicas, são deixadas de fora.

Também fora discutido o papel da PRA no apoio a realização dos processos seletivos das residências, que chegam a ter mais de mil candidatos por ano, em alguns casos. A possibilidade de cobrança de taxa de inscrição foi aventada e uso dos recursos para a realização do processo seletivo.

Como encaminhamento, ficou acertado que a PRPG utilizará a Residência Em Área Profissional De Saúde, Cirurgia E Traumatologia Bucomaxilofaciais, como piloto para implantação do módulo SIGAA RESIDÊNCIAS e os coordenadores encaminharão lista de bolsistas até o primeiro dia útil de cada mês a PROGEP e ao Gerente de Ensino e Pesquisa do HULW com o objetivo de facilitar a realização do relatório consubstanciado de prestação de contas que é enviado ao MEC anualmente. Além disso, ficou acertado que os preceptores dos alunos residentes passarão a receber pelo Plantão Hospitalar (PH).

 

A CAAPG realizou um relatório de acompanhamento das residências e SIGAA disponibilizados aqui

RELATÓRIO